DSC_9480

Checklist para mochileiro: 10 itens indispensáveis

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Viajamos mais duros, porque optamos viajar por mais tempo. Se nosso dinheiro daria pra fazer uma viagem bacana de cinco meses, resolvemos transforma-la em um ano, procurando seguir da forma mais independente que conseguimos.

E como tudo depende muito da gente, temos um checklist com todos os itens que fazem parte da nossa vida agora. Dividimos ele aqui para ajudar você a não esquecer de nada!

1) MOCHILAS
Sua melhor amiga e sua casa. Além da mochila grande nas costas, temos uma pequena para carregar as coisas de valor como câmeras, computador, uma jaqueta corta-vento, álcool gel, boné e coisas de primeira necessidade. Se você não curte viajar com muitos volumes, recomendamos a mochila-saco como alternativa para mala de mão. Fica compacta quando não usa e sempre tem uma coisa pro dia-a-dia. Compramos a nossa na Decathlon!
Siena

Mochila pequena pro dia-a-dia

Praga_Metro

Mochilão

2) SAÚDE 
  • Seguro de viagem: é triste, pois como todo seguro você paga praticamente pra não usar, mas é melhor ter do que ficar sem. Conhecemos muita gente que se acidentou e precisou até de cirurgia no meio da viagem. O Dois pelo Mundo usa a World Nomads, que é legal porque não tem burocracia. Temos a opção até de estende-lo enquanto viajamos e o melhor, não temos que informar as datas em que estaremos em cada lugar. Não é dos mais baratos, mas usamos a hora que precisarmos e depois pedimos o reembolso, e cobre tudo! Desde médicos até roubo de mochila ou perda de vôo. A franquia é de USD 100 por sinistro (claim) descontado do reembolso, por isso, o ideal é juntar ao máximo as notas fiscais e fazer um único pedido depois.

    Pontos na cabeça depois de bater na piscina

    Pontos depois de bater a cabeça na piscina

  • Farmácia: Escute sua mãe! Aliás, peça até pra ela fazer a farmácia pra você.  Na nossa levamos: Regulador de flora intestinal, o hit dos nossos remédios, já que a cada 15 dias mudamos completamente nossa alimentação; Anti-Gripal; pastilha de garganta; band-aids (vale investir em bons); anti-séptico; remédio para dores leves / moderadas e outro para severas; anti-ácido; colírio; sorine; antiinflamatório; plasil (o que dá sono melhor); Cataflan ou Salompas, que sempre ajuda depois dos trackings. No meu caso ainda, como tive problemas com o dente antes da viagem, levei algumas cartelas de antibiótico receitado pelo meu dentista. Por fim, para os mais precavidos, vale ter à mão gaze, faixa, esparadrapos. Consulte sua mãe!
3) FINANÇAS
  • Cartões: Somos reféns dos cartões de débito / crédito, afinal, levar toda a grana da viagem em dinheiro seria arriscado e impossível – mesmo dando pra economizar no IOF (0,38% pra moeda em espécie e 6,38% pra cartões de debito e credito). Já que temos de usá-los mesmo, pedimos ao banco um cartão de crédito e um de débito extras (desbloqueados antes da viagem) e mantemos junto do passaporte, assim se roubarem a carteira, não precisamos esperar anos até a chegada dos outros.

Dinheiro Moeda

  • Emergência: olha a mãe aqui de novo! Lembra do dinheiro da meia? Pois é, sabedoria materna. Leve 100 dólares ou euros escondidos e esqueça deles. Com isso você banca um taxi de qualquer lugar para qualquer lugar, comida e hospedagem caso alguma coisa aconteça.
  • Doleira: uma pochetinha ridícula mas essencial quando está mudando de uma cidade pra outra. Ela fica discreta embaixo da roupa e é perfeita pra guardar seu passaporte e finanças.
  • Controle de gastos: importante pra não sair do budget. Usamos uma planilhinha de excel e um app de viagem, o Moni (só pra IOS), que sincroniza os gastos com outros celulares e exporta dados em planilha. O uso desse app é diário na nossa viagem e anotamos tudo o que compramos, separado por categorias.
4) HABILITAÇÃO INTERNACIONAL
Mesmo que não pretenda dirigir na sua trip, vale sempre ter à mão. Ela tem a mesma validade da habilitação brasileira e é aceita quase que no mundo todo. No site do Detran você encontra o passo-a-passo para tirar o PID (Permissão Internacional para Dirigir). Paga-se uma taxa no Banco do Brasil e pronto, chega em casa!
PID

PID

5) TECNOLOGIA: Sim, essa linda faz parte do dia-a-dia do viajante. Contamos um pouco dos sites e apps de viagem que o Dois pelo Mundo usa aqui.
6) KIT DE UTILIDADES: Dependendo de onde for a viagem, ter alguns apetrechos extras na mão também pode ser útil. Como viajamos pelo mundo todo, montamos esse kit com: Pílulas de cloro, tornam água de torneira potáveis e cada pílula purifica 1 litro; Canivete, lanterna, sacos à prova d’água (para câmeras, carteira, etc); Trava de bicicleta (muitos hostels não têm lockers, por isso prendemos a mochila pequena na cabeceira da cama trancada com um cadeado); Lacres (abraçadoras) de plástico; Silver Tape (os remendos são parte da viagem).
Pílulas de purificação de água

Pílulas de purificação de água

7) VISTOS: O país que vai visitar exige visto ou alguma vacina? Aqui você confirma para todos os países.
8) EMBAIXADA: Nossa casa longe de casa. Não sabe se rola alguma algum conflito no país que vai visitar? Perdeu seu passaporte? Foi assaltado e não sabe o que fazer? A embaixada é território brasileiro no exterior, literalmente. Eles já nos ajudaram com várias informações, como quando pedimos indicação de dentistas e orientações sobre a situação política no sul da Turquia e na Grécia, por exemplo. Aqui ou no site do Itamaraty você encontra todas as embaixadas do Brasil pelo mundo.
9) ELETRÔNICOS. Não se esqueça, além das câmeras, cabos e carregadores, de verificar a voltagem e o tipo de adaptador de tomada que você vai precisar. E nunca deixe de levar o bom e velho benjamim.
10) ROUPAS: Isso mesmo. O último item da sua lista devem ser as roupas. Isso cada um sabe o que o leva, mas fazemos nossas recomendações aqui.
Lago Bled

Usando todas as roupas da mochila!

  • Segunda pele (corpo e perna): o famoso mijão hoje é high tech e super útil. Mantém o corpo quente, não ocupa espaço na mochila, além de ser leve.
  • Jaqueta: Além de uma blusa quentinha, levamos uma corta-vento pra usar por cima. Geralmente são roupas leves e compactas, resistentes à água e não deixam o ar quente sair do corpo.
  • Toalhas de microfibraNós usamos porque secam rápido e são super compactas.
  • Calçados: As Havaianas, antes exclusividade de brasileiros, hoje estão nos pés de todos os mochileiros; Tênis, que temos um bom pra trilhas e esportes, e um compacto e leve, mais urbano. Esses tênis sem cadarço ou o bom e velho all-star fazem bem o serviço.
  • Boné para homens e um lenço para mulheres – a Ju usa desde quando precisa cobrir as pernas para entrar num templo religioso, até pra segurar o frio.
  • Capa-de-chuva: Uma leve e compacta sempre salva nos países tropicais.
Capas de Chuva

Capas de Chuva

Agora é só bater os itens e boa viagem!

 



About

O Tiago Moreira tem 34 - Nerd, ele adora punk rock, o Corinthians e a sua buldogue Mafalda. Cresceu em Tremembé, mas nasceu pro mundo. Adora lasanha e é vegetariano. Depois de 10 anos em São Paulo, decidiu arejar um pouco a cabeça e viajar!


Comments

'Checklist para mochileiro: 10 itens indispensáveis' have no comments

Be the first to comment this post!

Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

Images are for demo purposes only and are properties of their respective owners. Old Paper by ThunderThemes.net