Equador: bom, bonito e barato!

Share

Até conhecer o Equador, nunca tive vontade de ir pra lá. Vontade nem “desvontade”, na verdade…

Acho o país tão pouco explorado pelos guias de viagem brasileiros – e a gente acaba seguindo tanto o fluxo das tendências – que nunca me interessei. O Ti já tinha mais curiosidade porque sempre foi um “rato” de viagens e adorava ler sobre os lugares menos explorados, mas também não era nada super gritante.

Mas enfim, minha percepção mudou depois que comecei a fazer um projeto para o Ministério do Turismo Equatoriano no meu ultimo trabalho. Passei a ter mais contato com a história e a cultura locais e resolvemos incluir esse país chiquito no pacote de volta ao mundo.

Reservamos dez dias pra lá e, por incrível que pareça, não conhecemos quase nada! Não por preguiça – pois andamos bastante – mas porque o país está dividido turisticamente em quatro regiões principais e há muito pra ver em todas elas: 1) tem Galápagos, que é a região mais famosa, mas que não fomos por ser bastante caro; 2) a zona de praias, muito explorada por nossos hermanos argentinos e chilenos; 3) a “selva”, que é predominantemente formada por floresta amazônica e aldeias indígenas; 4) e a área andina, onde passamos todo o nosso tempo, que conta com vulcões, lagoas, banhos termais e a capital, Quito.

Mapa das 4 regiões principais do Equador (fonte: Los Viajeros)

Mapa das 4 regiões principais do Equador (fonte: Los Viajeros)

Mesmo não dando pra conhecer tudo, muita coisa impressionou a gente no Equador: primeiro que sentimos as pessoas muito orgulhosas de viverem lá e vimos muita publicidade do governo incentivando a população local a cuidar do seu país (algo bem diferente do Peru). Todo mundo foi extremamente amável e gentil, e achamos bem seguro viajar por conta própria, sem a necessidade de bookar tour e pegar guia pra tudo.

Centro Historico de Quito

Centro Historico de Quito

Outra coisa bacana é o preço das coisas. Acho que com exceção de Galápagos, tudo é muito barato. Pegar um ônibus de 3h, por exemplo, custa em media USD 2. Comer um menu vegetariano completo sai por USD 3,50. Dormir em quarto privado, USD 22 o casal. Enfim, dá pra fazer um turismo bem decente sem precisar de muita grana – mais barato que o Peru e Colômbia.

E o mais importante é que o Equador surpreendeu positivamente pelas belezas. Achamos Quito uma graça e com o centro histórico super preservado, com vários sucos de frutas diferentes, ruelas bacanas pra caminhar e um clima bem gostoso. A cidade de Latacunga também foi uma base legal pra se hospedar e conhecer o Lago Quilotoa (que emergiu de um antigo vulcão e é incrivelmente lindo!!). E Baños é um destino que gostamos super pra relaxar uns dias e fazer uns passeios mais curtos, como o Balanço do Fim do Mundo, a Rota das Cachoeiras e o Canopy (tipo tirolesa).

Lago Quilotoa

Lago Quilotoa

Ah, e outra coisa que impressionou foi a estrutura que eles têm pra atender turistas. Ainda estávamos meio perdidos no primeiro dia e fomos visitar a central de turismo de Quito. Eles têm uma base animal, mapa pra tudo e super ajudaram. Saímos de lá com muito mais noção do que daria pra fazermos nos nossos poucos dias.

Centro Turistico de Quito

Central Turistica de Quito

Enfim, fomos muito bem recebidos pelo Equador, mas percebemos que os brasileiros ainda são coisa rara por lá. E nosso conselho é: vale a pena considerar pros planejamentos de férias!!

Canopy, Banos

Canopy, Baños



About

28 anos, Relações Públicas e "mãe" da Mafalda. Cresceu no interior de SP, viveu 10 anos na capital. Aprendeu a dirigir, trabalhar e se virar. Mas continuou sem gostar de comer tomate com pele, ter as unhas compridas e de ficar sozinha.


Comments

'Equador: bom, bonito e barato!' have 2 comments

  1. 26 de março de 2015 @ 16:08 Helena

    Que legal, Julia! Tenho a mesma ideia que vc falou, de mal conhecer o Equador e não ser um roteiro parte dos sonhos, a principio. Agora vou considerar bem. Que a América Latina tem muita coisa legal que nós brasileiros não conhecemos, eu sabia, mas que o Equador era tão interessante, não. Valeu a dica. Adorei o balanço do fim do mundo. Vocês foram? Beijos e bons ventos!

    Reply

    • 26 de março de 2015 @ 16:35 Julia Furquim

      Oi Helena! Legal receber seu comentário :)
      Bom, depois de conhecer o Equador virei embaixadora e super recomendo. Conhecemos o balanço do fim do mundo, tem um visual bem bonito da região de Banos, onde a natureza é linda! Se visitar o pais novamente, só gostaria de guardar uma grainha extra pra conhecer Galapagos, que deve ser uma daquelas maravilhas do mundo! Mas total recomendo. E de lá emenda pra Colombia!! rs. Bjao

      Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

Images are for demo purposes only and are properties of their respective owners. Old Paper by ThunderThemes.net