Peru: 8 anos depois (com vídeo!)

Share

Deixamos a Europa e chegamos no Peru. A Júlia sofreu um pouco com o choque de realidade, porque a pobreza estava novamente ao alcance dos olhos e isso atinge a gente mesmo. As cidades no geral são feias, embora estejam assentadas em regiões bem bonitas. A distribuição de renda é injusta e o governo também é corrupto. Mas assim como no Brasil, tem um povo muito alegre, independente da vida dura que levam. Afinal, o país não é o seu Governo, e sim as pessoas que lá vivem – e o povo peruano é incrível!!
Canyons de Colca

Canyons de Colca

Meu choque de realidade foi menor. Isso porque já tinha visitado o país em 2007 e isso me deu outra perspectiva: na época, o dólar valia R$ 1,75 e hoje R$ 3,24. O Sol Peruano custava R$ 0,58, e hoje R$ 1,05. A situação econômica  vem melhorado, viajar por lá agora ficou mais caro, mas isso também se reflete diretamente na qualidade de vida das pessoas. Muita coisa mudou desses 8 anos pra cá, mas graças a Deus, as que realmente precisavam permanecer, continuam lá.
Lhamas!

Lhamas!

As comunidades indígenas nativas ainda vivem das atividades agrícolas manuais e do artesanato. Diminuíram, mas ainda lutam para sobreviver e manter seu estilo de vida. Os taxistas ainda são malandros e te obrigam a negociar a cada necessidade, mas você entende rápido como lidar com eles, afinal brasileiro sabe negociar (a Julia mais ainda). Machu Picchu se tornou uma das novas maravilhas do mundo (como se antes não fosse) e ainda continua com o mesmo cuidado e beleza.

Nativos que cuidam do Pastoruri Glacier

O que mais me impressionou: A pequena vila de Águas Calientes, que hospeda 99% do turismo de Machu Picchu, hoje mais parece uma cidadezinha. Os hostels triplicaram e muitas pousadas passaram a atender um publico mais exigente que os mochileiros. E enquanto o Brasil tem a 3a maior taxa de roubos da América Latina, o Peru aparece 13º lugar…
Machu Picchu

Machu Picchu

Mas o Peru ainda permanece como a “Meca dos mochileiros” na América do Sul. Com excessão de Lima, é seguro andar por toda parte, os transportes inter-municipais funcionam e a estrutura de turismo atende a todos: Dos duros mochileiros que curtem fazer tudo por conta,  aos mais endinheirados com tours em ônibus exclusivos e guias trilingues.
Mochileiros

Caminho até Aguas Calientes

A localização privilegiada também continua lá e isso sempre vai encantar: divide com a Bolívia o lago navegável mais alto do mundo, o Titicaca. Tem o deserto de Ica com um Oásis bem no meio. Tem mata amazônica. Tem Condor, Lhama, Alpaca e Vicunha. Tem praias ótimas para a prática de surfe, tem vulcões, águas termais e canyons. Tem um pedação da Cordilheira dos Andes, neve eterna e vários Parques Nacionais. Tem Pisco e Inca Kola pra tomar e é hoje o maior representante da culinária Latino-Americana no mundo. Tem Machu Picchu. Aliás, tem duas Machu Picchu: A ainda desconhecida e super difícil de chegar Choquequirao. Tem Paolo Guerrero, mas não tem Seleção.

DSC_5590

O Peru encheu nossos olhos com as paisagens, nos fez ver um Carnaval pitoresco, endureceu nossos fígados com Pisco, mas também nos obrigou a comer mais saudável. Fez nossos pulmões pedirem ar a 6768mNos fez ver neve de novo. Mas o mais importante: nos fez enxergar que se na América do Sul não tem a justiça social e infra da Europa, tem um dos lugares mais lindos que já vimos em nossas vidas, o que explica a felicidade das pessoas e seu amor pelo seu país, nos fazendo sentir ainda mais saudades de casa.
Obrigado Peru.

 

Minha visita a Macchu Pichu em 2007 e 2015

Geleiras em Huaraz

Geleiras em Huaraz

 



About

O Tiago Moreira tem 34 - Nerd, ele adora punk rock, o Corinthians e a sua buldogue Mafalda. Cresceu em Tremembé, mas nasceu pro mundo. Adora lasanha e é vegetariano. Depois de 10 anos em São Paulo, decidiu arejar um pouco a cabeça e viajar!


Comments

'Peru: 8 anos depois (com vídeo!)' have 1 comment

  1. 26 de março de 2015 @ 16:19 Helena

    Delícia, hein?! Ótimo vídeo! Que que é aquela cachoeira de dentro das pedras, aquele menininho na neve, a corujinha, a mata de Macchu Pichu com essa neblina ancestral. :)

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

Images are for demo purposes only and are properties of their respective owners. Old Paper by ThunderThemes.net