POLôNIA – dicas

Share
Já relatamos como foi a nossa experiência pela Polônia (leia aqui) e agora separamos algumas dicas práticas, como onde ficamos, o que comemos e vimos.
Nosso tempo no destino: 4 dias (2 Varsóvia e 2 Cracóvia).
Temperatura mínima: -8ºC (a mais baixa de toda a viagem).
Hospedagem
Varsóvia: Fest Hostel
Excelente para repor as energias, é um apartamento de quatro quartos transformado em um pequeno hostel. O dono foi super amigável e educado e  rapidamente nos sentimos à vontade. Fez nosso check-in mais cedo do que o horário convencional para descansarmos, e ainda ficou com nossas mochilas por 2 dias quando fomos pra Cracóvia. A recepção não é 24 horas, por isso, tivemos que avisar o horário de chegada, mas sem galho. Oferece também um café da manhã bem completo.
Cracóvia: Pink Panther
É um party hostel. Recebe muita gente que visita a cidade só pra beber e ir pras baladas. Pegamos um quarto individual bem ok e quando precisávamos de sossego era o nosso refúgio. Do contrario, a área útil é animadíssima. Tem recepção 24 horas, cozinha completa, quarto e banheiros limpos. Todo dia oferece comidinhas de graça na parte da noite e muitos jogos de bebedeira. Por isso, prepare o fígado – a Julia deu PT!
Locomoção
Varsóvia: Foi a primeira cidade em que usamos taxi porque chegamos virados de uma viagem noturna. Nos recomendaram buscar sempre os carros com o símbolo da cidade na porta – uma sereia – pois os táximetros eram mais confiáveis. Além disso, a cidade tem metrô, mas são os trams (bondes) e ônibus quem de fato percorrem todas as regiões. Com excessão do metrô, os bilhetes podem ser comprados em máquinas dentro dos veículos.
Varsovia
Cracóvia: Os trams (bondes) e ônibus fazem o serviço de transporte e são bem seguros. Achamos os trams mais fáceis e funcionam praticamente como um metrô 
Cracovia
Comida / Bebida: 
Vegetarianos, aqui a saída é comer muita pizza. No entanto, experimentamos o Barszcz, uma sopa que pode vir vermelha – de beterraba  e as vezes  carne – and branca, com trigo e salsicha.
O que mais encontramos: 
Żurek: Sopa com salsicha e ovo cozido. 
Placki ziemniaczane: Panquecas de batata recheadas com molho de carne.
Szarlotka: Torta de maçã com creme. 
A bebida aqui é Vodka pura, ou uma versão com sabor de frutas Żubrówka.
Experiências
Varsóvia: Hystorical Museum of Warsaw, exibe um video sobre a história da cidade durante a guerra, quando sofreu mais de 90% de destruição, e o início da reconstrução. 
Cracóvia: St. Florian Gate: Muros de fortificação da Cracóvia medieval; Wawel Castle e Catedral: Um complexo incrível que abriga o Wawel Royal Castle e a catedral de mesmo nome, onde vários monarcas eram coroados e agora estão enterrados; No centro histórico, na praça principal Rynek Główny, é fácil encontrar quase todos os demais pontos turísticos, como as torres, a igreja de St. Maria e a prefeitura; Também fomos ao Galicia Jewish Museum, que comentamos aqui (um museu dedicado a resgatar a historia do povo judeu que vivia na região conhecida como Galicia). Este museu fica localizado no bairro Kazimierz, que ainda preserva as edificações do antigo quarteirão judeu, transformado no gueto durante a guerra; Por fim, o simpático dragão Den, estátua do dragão que solta fogo de verdade.
Gueto
wawel
Sobre Auschwitz-Birkenau: Um campo de concentração já conhecido por muita gente, por conta da sua extensa história de genocídio durante a guerra. Ele foi fundado na década de 40 para servir como prisão para poloneses, e depois expandido pelas forças alemãs para se tornar o maior centro de extermínio de judeus da Europa. Mais dois campos foram construídos como anexo, o Birkenau e o Auschwitz 2 e, ao todo, mais de 1,5 milhão de almas foram ceifadas nesse local. No fim da guerra, várias celas sobreviveram como testemunho e hoje o espaço é  um dos principais pontos turísticos na Polônia. Pode ser feito em um day trip de Cracóvia e é possível encontrar mais informações aqui.
Para os interessados em histórias da guerra, na Cracóvia também está a fábrica de Schindler – história contada no excelente filme “A lista de Schindler” – hoje um museu.


About

O Tiago Moreira tem 34 - Nerd, ele adora punk rock, o Corinthians e a sua buldogue Mafalda. Cresceu em Tremembé, mas nasceu pro mundo. Adora lasanha e é vegetariano. Depois de 10 anos em São Paulo, decidiu arejar um pouco a cabeça e viajar!


Comments

'POLôNIA – dicas' have no comments

Be the first to comment this post!

Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

Images are for demo purposes only and are properties of their respective owners. Old Paper by ThunderThemes.net